Amores Cruzados

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

Amores Cruzados Empty Amores Cruzados

Mensagem por Kimy em Qui Maio 12, 2011 1:39 pm

AEEEEEEEEEEE, CRIEI CORAGEM DE POSTAR A MINHA FIC, QTAL
Vai ser uma fic GakupoXGumi, porque eu acho eles lindos, formam um casal fofo, e desde já eu aviso, EU NÃO VEJO OS DOIS COMO IRMÃOS, FIM Ù-Ú

Nome: Amores Cruzados
Shippers: GakupoXGumi, MikuoXToda a mulherada da fic, RinXLen e por aí vai.
Classificação recomendada: +18 (conteúdo sexual, e eu sei que você vai destacar essas partes pra ler U_U)
Aviso: Heterossexualidade, yuri, drama e drogas.

Anyway, vamos tocar esse trem aqui ò3o

Capítulo 1

Ele estava lá, quieto. Sentado sob a sombra da cerejeira e ouvindo o barulho das carpas se movimentando no lago. Era um ligar lindo, afastado e desconhecido. Ele quase poderia dizer que era seu lugar. Um cantinho escondido entre as montanhas, com um lago colossal e o contato direto com a natureza. Gakupo poderia ficar ali por toda a eternidade se lhe fosse possível, pois se tinha uma coisa que ele não era, pode ter certeza que era a palavra “feliz”. Provavelmente por vir de uma família de samurais, com valores éticos e morais sistemáticos que ele não gostava de seguir. A única coisa que o animava, era cantar. Mas cantar não era uma opção pra ele, então ele se contentou em viver a mesma vida que sempre, sendo sempre a mesma pessoa honrada e com a moral intacta, mesmo que isso resultasse em ser infeliz. Ele havia aprendido que a honra valia muito mais que a felicidade. “Um assaltante ou assassino é feliz, meu filho, por fazer o que gosta. Mas uma pessoa assim, nunca teve e nunca terá a honra que você já tem, só por existir.”
- Eu não estou fazendo mal nenhum pras pessoas. Eu só quero cantar...- respondeu ao seu próprio pensamento, jogando uma pedra no lago fazendo-a quicar. Em seguida, começou a cantar uma linda música, enchendo o lugar com suas notas. Agudos e graves. Dós e rés. Cada verso em perfeita sintonia com o outro. – Furitsuzuku kanashimi wa masshiro na yuki ni kawaru Zutto sora wo miageteta...(8)
Cantar aqui não tem problema, otou-san, pensou Gakupo; Não tem ninguém pra me ouvir.

[...]

A menos de 300 metros de lá, alguém estava tomando café da manhã em seu chalé de descanço, que ficava nas montanhas encoberto pelas árvores. Assim que sentou na mesa, foi possuído pela voz de Gakupo, que viajava longe no silêncio da mata montanhesa.
- Quem é que pode estar com um rádio ligado a essa hora da manhã? E na extensão do meu terreno ainda... Ah, isso não vai ficar assim. – disse ele enquanto se levantava e ia em direção ao som.

[...]

Kono karada ga kieru mae ni ima negai ga todoku no nara
Mou ichido tsuyoku dakishimete...
Mou ichido tsuyoku dakishimete...(8)

Gakupo terminou sua canção, e ouviu algo inesperado. Palmas. Alguém o havia ouvido, e esse alguém estava saindo por entre as árvores. Era um senhor calvo de meia-idade, que estava usando um yukata com casaco por cima. Um arrepio na espinha.
- Garoto, você tem uma arma e tanto aí – disse o senhor para Gakupo, que instintivamente levou a mão esquerda a katana que estava presa na bainha de suas roupas – Não, não é da espada que eu estou falando. Eu quis dizer a sua voz.
Gakupo fitava atônito o homem, que continuava falando:
- Rapaz, você canta espantosamente bem, devia tentar uma carreira profissional, e eu posso te ajudar com isso. Meu nome é Soichiro Yamada, produtor dos estúdios Vocaloid. Você nunca deve ter ouvido falar, é um projeto recente, mas acredito que você tem talento pra contagiar o grande público. Eu até achei que era um rádio ligado quando ouvi sua voz na minha casa...
- Espera – Gakupo finalmente disse – O senhor disse “casa”?
- Sim, casa. A Minha casa de veraneio é a uns duzentos metros daqui. Aliás, você está no meu quintal. – disse Soichiro, risonho – Posso saber o nome do samurai cantor?
- É Gakupo, senhor. E peço mil desculpas pela invasão, mas eu nem imaginava que alguém morava por aqui. Sinto muito, mesmo, e quero compensar isso.
- Você pode compensar, gravando uma música no meu estúdio. Ele fica em Tóquio, e eu volto pra lá em duas semanas, então esse é o tempo que você tem pra decidir. Se for comigo, eu te ofereço moradia e transporte por minha conta.
Gakupo tentou responder uma negativa, mas antes que pudesse fazer isso foi mais uma vez metralhado por Soichiro:
- Vamos lá, Gakupo! Você sabe que gosta de cantar. Você pode mentir pra todo o mundo, e enganar a todo o mundo, mas nunca vai poder enganar a si próprio. Você canta com emoção. Você sente o que canta, e quem ouve sente também. Você coloca todo o seu sentimento na música, não minta pra mim. Você nasceu pra isso.
- Não, senhor. Eu não nasci pra isso – respondeu ele, com muito mais firmeza na voz do que esperava – eu sou um samurai, nasci pra servir. Com a minha força e minha honra.
- Rapaz, vamos encarar os fatos, essa não é a sua última resposta. – disse Soichiro, que procurava algo nos bolsos do casaco – Toma aqui o meu cartão, com todos os meus telefones pra contato. Te vejo em duas semanas, samurai.
Dito isso, Yamada começou a subir a montanha por entre o bosque íngreme, deixando Gakupo aturdido, atordoado e sem fala.
Dois dias depois, quando Gakupo voltava pra casa após o treino de Kendo, ele se decidiu.
- Mãe, - disse ele, batendo a porta de entrada – eu vou pra Tóquio.
- O que você vai fazer em Tóquio, Gakupo????
- Recebi uma oferta de emprego. Querem que eu dê aula de kendo pra jovens kenshis de lá. – mentiu – Pagam bem. Primeiro eu vou dar uma olhada na estrutura, e se tudo for tão bom quanto eu espero eu me mudo pra lá.
A mãe de Gakupo se sentiu orgulhosa por seu filho ser tão bom em kendo.
...Coitadinha.

~~~continua, rawr~~~

(Off: Persuasivo esse produtor, não? ô_õ)

Spoiler:
Amores Cruzados Lana002-1


Última edição por Kimy em Qua Jun 29, 2011 10:31 am, editado 4 vez(es) (Razão : Mudei o título, quetal)
Kimy
Kimy
Megurine Luka
Megurine Luka

Mensagens : 692
Pontos : 16179
Reputação : 4
Data de inscrição : 06/04/2011
Idade : 23
Localização : Na China. -N Chinguilinguilingui

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amores Cruzados Empty Re: Amores Cruzados

Mensagem por Mochi em Qui Maio 12, 2011 3:35 pm

HSSOIUAHSIAOHSOIAUHOIUGDAIOUFOA MEU DEOLS, EU RI SÓ DE LER OS DADOS DA FIC QQQQ sim, sou menor de 16 * apanha *

Adoguei *Q*
Continua continua continua continua n_n
Mochi
Mochi
Mod Dancing Samurai
Mod Dancing Samurai

Mensagens : 1141
Pontos : 17394
Reputação : 15
Data de inscrição : 27/11/2010
Idade : 22
Localização : Atrás de você . BU !

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amores Cruzados Empty Re: Amores Cruzados

Mensagem por Hikaru em Qui Maio 12, 2011 4:53 pm

Eu tenho 12 anos e li SAUHSAUHUHSAUH
Não vi nada de tenso ai (por enquanto)
A historia esta muito boa continue assim ^^
Hikaru
Hikaru
Kagamine Len
Kagamine Len

Mensagens : 356
Pontos : 16067
Reputação : 3
Data de inscrição : 25/01/2011
Idade : 20
Localização : Você sabe?

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amores Cruzados Empty Re: Amores Cruzados

Mensagem por lenka~ em Sex Maio 13, 2011 8:06 am

eu concordo com o MateuZ
eu tambem não vi nada de tenso nessa história (será que vai ter 0o0)
lenka~
lenka~
Kagamine Len
Kagamine Len

Mensagens : 308
Pontos : 15749
Reputação : 9
Data de inscrição : 17/04/2011
Idade : 20
Localização : len'land

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amores Cruzados Empty Re: Amores Cruzados

Mensagem por Xisdê em Sex Maio 13, 2011 5:13 pm

Nossa,muito bom.
O conteúdo está bem detalhado e dá aquela vontade de ler
o próximo capítulo.
Você escreve muito bem.
Ah,eu ri do " Mikuo x Toda a mulherada"
huauha xD
Xisdê
Xisdê
Miki

Mensagens : 1139
Pontos : 18253
Reputação : 8
Data de inscrição : 18/05/2010
Idade : 28
Localização : Salvador

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amores Cruzados Empty Re: Amores Cruzados

Mensagem por Lya Yuki em Sab Maio 14, 2011 7:50 pm

KIMYMOSA QUE COMEÇO PERFECT (Y'
Sua narrativa tá perfeita, o desenvolvimento também, tou louca pra ver como isso vai continuar~
[vê se não faz que nem certas pessoas que deixam o diário de observação inacabado]

_________________

Amores Cruzados Ijuhphcpiacpia

ピω゚コ fangirl!!! òwó/
Não toquem nele nem na minha imouto-chan divosa Juh!
Bonus Stage~:
Amores Cruzados Zatbar10
Amores Cruzados Vegetablejuice
Amores Cruzados PbucketAmores Cruzados PbucketAmores Cruzados Pbucket
A vida de anime de uma autêntica shinigami: Blog Shinigami Lya
Lya Yuki
Lya Yuki
Admin Black Rock Shotter

Mensagens : 796
Pontos : 18114
Reputação : 12
Data de inscrição : 09/05/2010
Idade : 26
Localização : Dark Earth ~ Mundo Shinigami

Ver perfil do usuário http://Lya-Yuki.deviantart.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amores Cruzados Empty Re: Amores Cruzados

Mensagem por Kimy em Seg Maio 16, 2011 9:34 am

YAY! *-* As críticas estão me animando~
Só que, gente, acho que isso não ficou muito claro, então eu quero ressaltar: isso NÃO É uma comédia ):
É um drama. Então, pros que esperam cenas engraçadas... Vão ser poucas :I


Última edição por Kimy em Seg Maio 16, 2011 9:37 am, editado 1 vez(es) (Razão : incompleto)
Kimy
Kimy
Megurine Luka
Megurine Luka

Mensagens : 692
Pontos : 16179
Reputação : 4
Data de inscrição : 06/04/2011
Idade : 23
Localização : Na China. -N Chinguilinguilingui

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amores Cruzados Empty Re: Amores Cruzados

Mensagem por Mochi em Seg Maio 16, 2011 9:39 am

Senti uma indireta pra mim aí, mas tudo bem, eu aguento QQ* apanha *

Vamos lá, Kimy, mostre seu talento u_U
É NÃO ABANDONA A FIC SENÃO EU TE ESGANO!
Mochi
Mochi
Mod Dancing Samurai
Mod Dancing Samurai

Mensagens : 1141
Pontos : 17394
Reputação : 15
Data de inscrição : 27/11/2010
Idade : 22
Localização : Atrás de você . BU !

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amores Cruzados Empty Re: Amores Cruzados

Mensagem por Kimy em Seg Maio 16, 2011 10:21 am

Capítulo 2

Os estúdios Vocaloid eram uma contradição ótica. Por fora pareciam pequenos, mas por dentro era extremamente fácil de se perder, principalmente se você fosse um novato. Haviam quatro subdivisões de estúdios: Vocaloid, Utauloid, Voiceroid e Project Diva.
No Vocaloid, o primeiro estúdio e mais conhecido, eram gravadas músicas e feitos alguns PV’s fotográficos. No Utauloid era a mesma coisa, mas com uma cara um pouquinho diferente. Voiceroid era o estúdio que tratava de dublagens puras (tanto para comerciais quanto para grandes produções) e o último, Project Diva, era um estúdio de dança e audiovisuais. Eram trabalhos distintos, mas intimamente ligados um ao outro. Às vezes Utaus e Vocas cantavam e dançavam juntos, por que não? Não era nenhum tipo de rivalidade, só uma área de trabalho diferenciada.
Naquela manhã de terça-feira, tudo estava correndo como sempre... Até que Rin Kagamine começou a correr por todo lado avisando que eles iam conhecer um recém-chegado.
- GEEEEEEEEEEEEEEEEEEEENTE, O YAMADA-SAN “CAPTUROU” MAIS UM! – dizia ela para todos que quisessem (e os que não quisessem também) ouvir – Ele chega com o cantor novo em uns quinze minutos, e é pra nós irmos dar as boas-vindas no hall de entrada. VAMO, VAMO, VAMO! Ò3o
- Ahn, Rin, não precisa exagerar – disse Len Kagamine, o irmão gêmeo da maluca que gritava – Ele já é o terceiro em menos de um mês, e provavelmente vai chegar mais gente. Guarda essa energia! e3e’
- Ok – respondeu ela ao mesmo tempo que praticamente arrastava o irmão pelas mangas, em direção ao hall.
[...]
Gakupo parecia desconfortável quando desceu do carro de Yamada bem na frente do estúdio. Ele não tinha idéia de onde iria ficar, nem de como iria comer... Ter aceitado a oferta de um maluco produtor de músicas tinha sido provavelmente a maior irresponsabilidade que já fizera. Afinal, quem poderia ter garantido que ele era mesmo um produtor? E Gakupo devia mesmo acreditar que sua voz era boa?
[...]
- Miku, não empurra – reclamou Prima, quando a mesma tentou passar na frente das pessoas.
- Desculpe! É que eu quero ficar na frente – respondeu Miku – Você é mais alta que eu, pode ver o novato mesmo de trás de mim... Ç Ç
- Ok, você venceu – disse Prima, virando-se pra porta – Shhhhhh! Eles estão entrando! Fiquem quietos, fiquem quietos!
O grupo de novos artistas silenciou, e todos disseram juntos “Okaerinasai!” quando Gakupo entrou acompanhado de Soichiro. Ele não tinha idéia de como iria agir agora, mas por sorte, estava com o produtor mais falador que ele já conhecera.
- Bom-dia, garotos! – disse ele, sorridente, incluindo as meninas – Esse aqui é o Gakupo, achei ele no meio do mato... Literalmente rs. Gakupo, vou apresentar o pessoal. Essa é a Meiko, o Kaito, a Miku Hatsune, - a medida que ele ia apresentando as pessoas, elas diziam um “olá” ou apenas levantavam as mãos para mostrar quem eram - Rin e Len Kagamine, Prima, Sweet Ann, Leon, Kiyoteru, Lola e Miriam. Tem mais uns avulsos por aí... Rin, cadê o Akaito, o Mikuo, a Zat...?
- Zatchan e Akaito estão em gravação, senhor. O Mikuo eu ainda não vi...
- Hm. Ok, o Gakupo está nas mãos de vocês agora, cuidem bem dele. Tenho talentos pra descobrir... – concluiu Soichiro, dando uma piscadela. – E quanto a você – disse ele, dirigindo-se a Gakupo – Você vai ficar na república até achar um lugar pra ficar. Ou fica lá pra sempre, eu não vou me incomodar, o Mikuo e o Akaito já fizeram isso, mesmo... Converse com o Kaito depois, ele vai te explicar tudo. Kaito é o azulzinho alí.
-Ehn... Tudo bem, senhor Yamada. Eu falo com ele.
- KAITOOOOOOOOOOOOOOOOOOO! Vem aqui um minuto? – gritou o produtor, antes que o cantor pudesse sumir pelos corredores.
- Hai, senhor?
- Guie o Gakupo. E fale da república.
- Of course, monsieur.
- Você misturou inglês com francês, melhore esse conhecimento linguístico, Kaito!
- Hai, Yamada-san! – disse Kaito, fazendo continência.
[...]
- Cara, você tem cheiro de sorvete! – disse Gakupo enquanto ele e Kaito andavam pelois corredores do Vocaloid Studio.
- E você cheira a beringelas.
- Hm... É porque eu gosto de bringelas. Prazer.
- Prazer, eu gosto de sorvete.
E os dois caíram na risada, por mais idiota que esse diálogo pudesse ter sido.

Spoiler:
Amores Cruzados Lana001-2-1-1
Todos drogados na ilustração, LAÇSKDÇLAKSÇLDKASDKÇAL


Última edição por Kimy em Ter Jun 28, 2011 2:50 pm, editado 1 vez(es)
Kimy
Kimy
Megurine Luka
Megurine Luka

Mensagens : 692
Pontos : 16179
Reputação : 4
Data de inscrição : 06/04/2011
Idade : 23
Localização : Na China. -N Chinguilinguilingui

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amores Cruzados Empty Re: Amores Cruzados

Mensagem por Haruka em Seg Maio 16, 2011 12:03 pm

Estou amando sua fic, Kimy!
Adorei o diálogo do Kaito e do Gakupo xDD
Continua, hein! :D
Haruka
Haruka
Kaito
Kaito

Mensagens : 496
Pontos : 16449
Reputação : 2
Data de inscrição : 09/12/2010
Idade : 24
Localização : In the Black Destiny.

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amores Cruzados Empty Re: Amores Cruzados

Mensagem por Mochi em Seg Maio 16, 2011 1:56 pm

Eu gosto de Kami-Kana, prazer.

IUDHIUOHFAFHAUGI Eu gostei XD
Mochi
Mochi
Mod Dancing Samurai
Mod Dancing Samurai

Mensagens : 1141
Pontos : 17394
Reputação : 15
Data de inscrição : 27/11/2010
Idade : 22
Localização : Atrás de você . BU !

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amores Cruzados Empty Re: Amores Cruzados

Mensagem por Kimy em Ter Maio 17, 2011 10:48 am

Rin Kagamine super sutil na hora de avisar que tinha um cantor novo <3 QQ
Kimy
Kimy
Megurine Luka
Megurine Luka

Mensagens : 692
Pontos : 16179
Reputação : 4
Data de inscrição : 06/04/2011
Idade : 23
Localização : Na China. -N Chinguilinguilingui

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amores Cruzados Empty Re: Amores Cruzados

Mensagem por Xisdê em Ter Maio 17, 2011 7:14 pm

Eu sei que vc disse que era drama mas...
Tá tão divertido x3 *baka*
Xisdê
Xisdê
Miki

Mensagens : 1139
Pontos : 18253
Reputação : 8
Data de inscrição : 18/05/2010
Idade : 28
Localização : Salvador

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amores Cruzados Empty Re: Amores Cruzados

Mensagem por Kimy em Qui Maio 19, 2011 9:21 am

Que acharam da ilustração do primeiro cap? *-*
Kimy
Kimy
Megurine Luka
Megurine Luka

Mensagens : 692
Pontos : 16179
Reputação : 4
Data de inscrição : 06/04/2011
Idade : 23
Localização : Na China. -N Chinguilinguilingui

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amores Cruzados Empty Re: Amores Cruzados

Mensagem por JuChan em Qui Maio 19, 2011 4:20 pm

Aff, Kim, sua lindosa D:
Ilustração mega-limdz <3 OMG, CENÁRIO MAIS PERFEITO <3 E Gakupo que parece pensativo q
JuChan
JuChan
Mod Magnet Rin & Len
Mod Magnet Rin & Len

Mensagens : 1110
Pontos : 17862
Reputação : 4
Data de inscrição : 25/07/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amores Cruzados Empty Re: Amores Cruzados

Mensagem por Choi em Seg Maio 23, 2011 5:28 am

Ual, Kimy, você escreve bem *-* tem uns erros de digitação mas isso é básico Continua, continua!

FOI VOCÊ QUE FEZ A ILUSTRAÇÃO? O_O *pegando os desenhos que fez e jogando no lixo*
Choi
Choi
Hatsune Miku
Hatsune Miku

Mensagens : 43
Pontos : 15188
Reputação : 0
Data de inscrição : 18/05/2011
Idade : 26
Localização : Marte.

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amores Cruzados Empty Re: Amores Cruzados

Mensagem por Kimy em Qua Jun 29, 2011 10:29 am

Antes de mais nada, eu gostaria de dizer que esse capítulo ME GUSTA. E o próximo me gusta mais ainda, vocês vão descobrir por quê, QQQ Aliás, não sei se vocês perceberam, eu mudei a indicação da fic. Agora ela é pra +18, mesmo que EU MESMA ainda não tenha 18, então no fim das contas quem quiser vai ler do mesmo jeito -QQQQQQQQQQQQ

Capítulo 3

Gakupo e Kaito passaram toda a manhã e parte da tarde explorando o estúdio. No fim do dia já pareciam amigos de infância, e estavam famintos.
- Vamos, Gakupo, vou te levar pra conhecer a sua nova moradia.
- É muito longe daqui? – perguntou ele levantando suas três malas, que pareciam pesadas.
- Não, é a umas quatro quadras daqui. Mas como estamos indo embora antes dos outros, temos que passar no mercadinho. A Prima cozinha muito bem, mas nunca se lembra de fazer compras...
- Hm. Quem era a Prima mesmo?
- A lolita de cabelo cacheado. De qualquer forma, deixa eu te ajudar com essas malas. Eu levo uma.
- Por mim tudo bem, então. Considerando que eu tenho idade pra ser seu tataravô...
- Aham, Kamui, senta lá. – disse Kaito quando os dois sairam andando – Eu já tenho 20 anos. Você tem quantos? Uns 23 no máximo.
- Eu tenho 307 anos – respondeu, sério.
- Hm... É, então você já tem idade pra ser meu tataravô. – Concluiu Kaito sem se surpreender com a informação, o que deixou Gakupo abismado.
- Não tá surpreso com a minha idade???
- Não. Você deve ser um mago, ou uma kimera, ou um samurai de alma vendida, ou alguma coisa assim, não é? Desde que eu conheci a Teto isso é normal pra mim.
- Quem é Teto?
- Minha ex-namorada. Uma das minhas melhores amigas, agora. Você é sortudo, vai conhecer ela agora mesmo.
Os dois pararam em frente a um mercado nada pequeno. Kaito parou para cumprimentar o segurança do estacionamento.
- E aí, Ted! Será que você pode dar uma olhada nas malas do meu amigo aqui?
- Claro, Kaito! Chegaram em uma hora ótima, acabou de sair uma fornada de pães da Teto! – exclamou o garoto ruivo, alegre – E você deve ser mais um garoto Vocaloid, não?
- Sou sim, Ted. Meu nome é Kamui Gakupo. – disse Gakupo estendendo-lhe a mão.
- Prazer, Gakupo. Sou Kasane Ted, e essas marcas nos seus dedos indicam que você tem uns 300 anos no mínimo, não? Suponho que você seja um samurai de alma vendida?
Gakupo assustou-se.
- Como sabe?!
- Digamos que eu também sou um pouquinho mais velho do que eu aparento, e minha irmã também. Aliás, até o mês que vem nós dois vamos ser cantores dos Estúdios Vocaloid também!
- Sério? – perguntaram Kaito e Gakupo ao mesmo tempo.
- Sim. Vamos ver Utaus. O senhor Utaune Aoi ouviu a gente cantando semana passada no karaoke e gostou. Nami, a filha dele, também gostou. Se a gente puder jantarna Caverna hoje, contamos os detalhes.
- Combinado então. Eu e o Gakupo vamos comprar uns mantimentos. – disse Kaito.
- Aproveitem o pão fresquinho!
[...]
- Esse cara parece gente boa – comentou Gakupo, já dentro do mercado.
- Ele é. Espera só até você conhecer a irmã dele.
- Teto?
- Exatamente.
- O que diabos é A Caverna? - perguntou o novo “garoto Vocaloid”, mudando completamente de assunto.
- Como a gente apelidou a nossa casa. Sabe, o lugar onde os cantores ficam.
- Ah, então você mora lá?
- Moro. Eu, o Mikuo, o Akaito (que por sinal é meu primo), a Prima, a Meiko e a Zatsune. Isso fora a Yowane Haku que sempre dorme lá quando está bêbada, ou seja sempre. Mas a maioria dos cantores jantam conosco todo dia.
- Ah, entendi.
Os dois se aproximaram da área “padaria” do mercado. Uma garota ruiva e sorridente estava atendendo a uma senhora e seu neto. Ela parecia estar de marias chiquinhas por baixo da redinha higiênica, e tinha uma voz muito agradável.
-...Obrigada pela preferência, volte sempre! – dizia ela para a senhora que se virava para o setor de produtos de limpeza – Ah, Kaito, você por aqui! Saiu mais cedo?
- Saí sim, tenho que ficar de babá do mamute aqui, hoje. – disse ele, se referindo a Gakupo que riu – Este é o Gakupo, vai trabalhar no Vocaloid também. Gakupo, Teto, Teto, Gakupo.
- Olá Gakupo! Prazer em conhecê-lo. Eu apertaria a sua mão, mas estava amassando pão, então... – disse Teto levantando suas mãos cheias de massa – Gomen.
- Oi Teto! É um prazer em conhecê-la também.
- Teto, fala pro Gakupo quantos anos você tem. – pediu Kaito, zombeteiro.
- KAITO! É falta de educação perguntar idade de mulher, sabia? – respondeu ela, risonha – Eu tenho 31 completados ^^
Gakupo olhou para ela. De cima a baixo. De baixo a cima.
- Realmente, eu deveria ter imaginado. – disse ele, com muita ironia na voz. – Mas tudo bem, eu tenho 307 anos...
- SAMURAI DE ALMA VENDIDA! – exclamou Teto antes mesmo de Gakupo terminar a frase – Você vendeu a sua alma para ser imortal?
- N-não, na verdade não – respondeu Gakupo, constrangido – Na verdade foi o meu avô. Ele vendeu a alma para que todos os seus descendentes fossem imortais. Então eu parei nos 20 anos, e não envelheço mais. E você? Qual sua história?
- Sou uma kimera. That’s all.
- QUE FOME! – disse Kaito, cujo estômago fez um ruído.
- Meu estômago concorda.
- Oba, então eu tenho uma tarefa pra vocês dois! Provar minhas novas invenções! Topam? – propôs Teto.
- TOPAMOS! – respondeu Kaito antes que Gakupo pudesse ter qualquer reação. Teto entrou por uma porta atrás do balcão e voltou com uma bandeja onde haviam vários tipos de pãezinhos diferentes.
- Aqui, um pão de batata com recheio de calabresa. Que acham? – perguntou ela enquanto dava um pãozinho para cada um.
- Delicioso. – disseram os dois ao mesmo tempo, com a boca cheia.
- Oba!~ Aprovações, ok. E esse aqui? – Teto entregou outro pãozinho para os dois. Eles morderam e a massa derreteu gostosamente na boca.
- Delicioso! – disseram mais uma vez ao mesmo tempo.
- De que é feito? – perguntou Gakupo.
- Kani-kama e massa folhada. Fico feliz que tenham gostado! – exclamou Teto batendo palminhas. – Aqui, esse aqui eu ainda estou em dúvida. Peguem.
Gakupo comeu o pãozinho. Na verdade, aquele pãozinho tinha um gosto que para ele era bem conhecido. Ele gostou.
- Ei, isso é de berinjela!
- É, e é bom – complementou Kaito.
- É um bolinho de beringela feito com massa de abóbora. Aprovado, meninos?
- HAI!
[...]
De volta a rua e relativamente alimentados e carregados de bagagem, Gakupo e Kaito retomaram a conversa.
- Pegando mulher mais velha, safado! – brincou Gakupo.
- São ótimas. Simplesmente ótimas.
- Pois é, ela é muito simpática e sem dúvidas cozinha muito bem.
- Não era nessas coisas que eu estava querendo dizer que ela é ótima.
- Então em que outras coisas?
- Chame ela pra sair, faça ela beber, leve-a pra casa... Daí você vai descobrir a resposta. – respondeu Kaito com um sorriso malicioso.
[...]
- Tadaima! – Kaito gritou quando chegaram na Caverna. A Caverna, como era chamada, era um sobrado amarelo.
- Okaeri! – alguém gritou de volta, do segundo andar. Som de passos, e de repende alguém apareceu no alto da escada. Era um garoto alto e de cabelo azul ciano.
- Mikuo, o que ficou fazendo o dia inteiro? – perguntou Kaito enquanto deixava as malas e sacolas no chão. Gakupo estava fazendo o mesmo.
- Sexo. Muita atividade sexual foi detectada nessa casa hoje.
- Se você ficou no video-game o dia todo, espero que não tenha salvado suas missões encima das minhas – avisou Kaito.
- Não, não salvei, fica tranquilo. – disse Mikuo, com desdém . Apontando para Gakupo – Quem é você?
- Nosso novo colega de casa. Você saberia se tivesse ido pro estúdio hoje... – repondeu Kaito, antes que Gakupo o fizesse. – Esse é o Gakupo. E o “comedor” alí é o Mikuo.
- Oi.
- Oi.
- Mikuo, pode me ajudar aqui? O Gakupo vai ficar no quarto do Akaito.
Por um instante, Gakupo pensou se fora sua imaginação, ou se Mikuo tinha feito uma cara de evindente desagrado.
- Claro, eu ajudo.
Os três subiram as escada e levaram as malas para um quarto em que metade da decoração era vermelha. Nesse quarto haviam duas camas. Uma delas estava claramente ocupada, já que tinha cobertores vermelhos e desorganizados. Tinha também dois armários, e uma pia em um canto do cômodo.
- Essa aí é a sua cama, Gakupo. Daqui a uma meia-hora o pessoal tá chegando, então eu sugiro que você descance enquanto pode, já que depois tem reunião.
- Reunião? – perguntou Gakupo, pensando em trabalho.
- É. Amigos, bebidas alcoólicas e verdade-ou-consequência. É quase uma tradição, sempre que entra alguém novo nós fazemos isso. Enfim, eu e o Mikuo estamos por aqui, se precisar de qualquer coisa é só chamar. Eu vou indo. – Kaito falou, saindo do quarto.
- Não, não me chame por qualquer coisa. Chama o Kaito. – gritou Mikuo, de algum lugar distinto da casa.
Em menos de cinco minutos deitado, Gakupo dormiu. A noite prometia.
Kimy
Kimy
Megurine Luka
Megurine Luka

Mensagens : 692
Pontos : 16179
Reputação : 4
Data de inscrição : 06/04/2011
Idade : 23
Localização : Na China. -N Chinguilinguilingui

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amores Cruzados Empty Re: Amores Cruzados

Mensagem por Mochi em Qua Jun 29, 2011 12:12 pm

HOIDHAGOIAHGOPIAHGPOIAHGIOPASHGIOAHIOGA MIKUO, KAITO E TETO SAFADJEEEENHOS NNNNNNNNNNNNNN * apanha *

Me gustou também, Kimy, POSTA O PRÓXIMO CAPÍTULO, ONEGAAAI
* ajoelha * m(_ _)m
Mochi
Mochi
Mod Dancing Samurai
Mod Dancing Samurai

Mensagens : 1141
Pontos : 17394
Reputação : 15
Data de inscrição : 27/11/2010
Idade : 22
Localização : Atrás de você . BU !

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amores Cruzados Empty Re: Amores Cruzados

Mensagem por JuChan em Qua Jun 29, 2011 12:49 pm

RI POTÁSSIOS KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
MIKUO, KAITO E TETO SAFADJEEEEEEEEEEENHOS²
Sumermo, não pode salvar as missões em cima das dos outros u_u
JuChan
JuChan
Mod Magnet Rin & Len
Mod Magnet Rin & Len

Mensagens : 1110
Pontos : 17862
Reputação : 4
Data de inscrição : 25/07/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amores Cruzados Empty Re: Amores Cruzados

Mensagem por Kimy em Qua Jun 29, 2011 1:05 pm

LASKDÇLKSAÇDL Que bom que gostaram, eu estou completamente depravada de uns dias pra cá, isso se reflete nas minhas histórias, e *tiros* q
E, admito, ela está engraçada. q

PS: Os tais pãezinhos existem mesmo, o que eu mais gostei de fazer foi o de kani-kama com massa folhada <3
Kimy
Kimy
Megurine Luka
Megurine Luka

Mensagens : 692
Pontos : 16179
Reputação : 4
Data de inscrição : 06/04/2011
Idade : 23
Localização : Na China. -N Chinguilinguilingui

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amores Cruzados Empty Re: Amores Cruzados

Mensagem por Mochi em Qua Jul 13, 2011 7:00 pm

CADÊORESTOKIMY???
* revolta *

Quero mais quero mais T-T
Mochi
Mochi
Mod Dancing Samurai
Mod Dancing Samurai

Mensagens : 1141
Pontos : 17394
Reputação : 15
Data de inscrição : 27/11/2010
Idade : 22
Localização : Atrás de você . BU !

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amores Cruzados Empty Re: Amores Cruzados

Mensagem por Kimy em Seg Ago 22, 2011 10:18 am

Capítulo 4

Parecia que Gakupo tinha acabado de fechar os olhos quando foi acordado com muita delicadeza e um chacoalhão.
- Acorda Gakupo! Acorda, acorda, ACORDA!
- Kaito? Que horas são? E o que você fez com o seu cabelo?
- Não é o Kaito, gênio. Sou o Akaito, primo dele. E seu coleguinha de quarto.
- Colega de quarto? – Perguntou Gakupo, ainda atordoado – Ah, é. Akaito. É.
- Sim, é, Akaito. Colega de quarto, isso. – disse Akaito devagar como se estivesse falando com uma criança de cinco anos, ou um retardado.
- Ah, desculpe, Akaito. Eu sou Kamui Gakupo.
- Já passamos dessa fase, amigo. Agora vamos lá pra baixo, a festinha já começou.
[...]
- Alguém poderia abrir aqui? Estou com as mãos ocupadas, oi! – gritou uma voz feminina de fora da casa. Mikuo deu uma corridinha até a porta e abriu. Meiko e Haku entraram na Caverna carregadas de sacolas que emitiam um tilintar de garrafas batendo.
- Saúde! – gritou Meiko quando levou o conteúdo das sacolas para o meio da sala. Todos os móveis haviam sido empurrados para os cantos, deixando o espaço central bem maior. Os gêmeos Kagamine pareciam compenetrados em tentar instalar o karaokê na televisão, Miku Hatsune carregava uma espécie de urna e uma garrafa vazia, Prima trazia aperitivos e o restante dos Vocaloids estavam sentados no chão em uma quase roda. Foi isso que Gakupo viu quando estava descendo as escadas.
- Senta aqui com a gente, Gakupo! – chamou Teto, que estava ao lado de Kaito e de uma garota de cabelo roxo.
Gakupo, Mikuo e Akaito se sentaram fechando a roda. Rin e Len estavam agora falando com alguém no celular, gritando que não dormiriam em casa. A garota de cabelo roxo tossiu.
- Nee, Defoko, pegou algum vírus? – perguntou Akaito colocando a mão em sua testa como se estivesse medindo sua temperatura, visivelmente preocupado – Algo de errado com a sua Placa de Sensibilidade a Odores?
- Não, estou bem. – respondeu Defoko sorrindo com os olhos.
- OK GENTE! – disse Miku em voz alta e se levantando – Meu nome é Hatsune Miku, tenho 16 anos, minha cor preferida é azul-esverdeado, adoro alho-poró, sou irmã do Mikuo, nasci dia 31 de Agosto e sou de Virgo.
- E usa shimapan. – complementou Mikuo.
- CALA A BOCA MIKUO! – reagiu ela – Ok, eu escolho o Kaito.
Kaito levantou-se e começou sua apresentação.
- Eu sou Shion Kaito, gosto de azul e de sorvete.
- E gosta da minha irmã também, safado! – disse Mikuo mais uma vez.
- Escolho a Defoko – continuou Kaito um pouco corado.
Defoko se levantou.
- Meu nome é Utane Uta, pseudônimo Defoko. Sou a primeira integrante do projeto Utau, gosto de roxo e sou uma andróide.
Silêncio.
- Ué, Mikuo, não vai comentar alguma coisa? – provocou Teto.
- Defoko é uma ótima pessoa. – ele respondeu.
- E tem um lançador de bombas em cada braço, né, Mikuo?
- Não posso arriscar esse meu rostinho sedutor – disse Mikuo passando as mãos sobre o rosto e fazendo todos rirem – As fãs adoram. Defoko escolhe quem?
- Akaito.
- Tá bom. – falou Akaito se levantando – Um nome é Akaito, sou primo do Kaito. Minha cor preferida é vermelho e o Mikuo é meu melhor amigo. Gosto de assistir doramas e jogar videogames.
- E é uke – sussurrou alguém.
- E está louco pra cometer “tecnofilia” – disse Mikuo, pra variar.
Akaito ficou mais vermelho que seu cabelo, se é que foi possível. Gakupo assistia tudo em silêncio, e um por um os Vocaloids e Utaus foram se apresentando e falando curosidades sobre si mesmos, inclusive ele próprio. E Mikuo fazia um comentário maldoso a cada apresentação, como era de se esperar.
Terminado o “meeting”, Miku Hatsune pegou a garrafa e a urna que mais cedo estava carregando e voltou a se sentar na roda. Meiko e Haku já estavam mais que bêbadas a essa altura, e as duas gritaram juntas.
- JOGO DA GARRAFA!
- O que é Jogo da Garrafa? – Gakupo quis saber.
- É o seguinte, Gakupo – começou Miku – você gira a garrafa e tira um papel dessa caixinha. As duas pessoas apontadas pela garrafa devem fazer o que o papel mandar. Simples.
- Ah, acho que entendi.
- Podemos começar, então? – perguntou ela balançando seus cabelos compridos e colocando a garrafa bem no centro da roda. – Vai! – A garrafa começou a rodar. Apontou todos do grupo duas vezes, e finalmente parou.
Mikuo – Ted.
Miku entregou a caixinha preta para Ted. Este, por sua vez pegou um papelzinho. Estava escrito “VERDADE”, o que significava que Ted deveria fazer uma pergunta e Mikuo só podia responder com a verdade.
- Você já “pegou” a minha irmã?
Mikuo começou a suar frio. O irmão de Teto era bem uns dois palmos maior que ele, e apesar de sua aparência amigável, conseguia causar medo em garotos galinha.
- J-já. – respondeu, com a verdade. Ted sorriu.
- Como se eu já não soubesse disso. KKK Gire a garrafa.
Mikuo obedeceu, e mais uma vez a garrafa se movimentou.
Akaito – Mikuo.
- Estou em alta, hoje. – comentou Mikuo pegando um pedaço de papel da caixa. A palavra era “BEIJO”. Gakupo riu.
- HAHAHA. Acho que vocês vão ter que pegar outro papel, já que os dois são hom...- Gakupo teve seu comentário cortado ao ver Akaito ir até Mikuo e colar seus lábios nos dele. Não parou aí. Os dois fecharam os olhos e se beijaram de verdade por uns dez segundos, o que deixou Gakupo muito vermelho e desorientado.
- Erm... Ahn... Você dois são...? – perguntou ele.
- O quê? Gays? Não, Gakupo, que horror! Somos todos héteros aqui, que eu saiba. – respondeu Akaito, só aumentando a confusão do samurai.
- Mas vocês estavam se beijando...
- Não nos classificamos e nem nos rotulamos por isso, Gakupo – explicou Akaito – Ser gay envolve sentimentos, e isso aqui é só um jogo. Só envolve corpo, nada mais. E acostume-se, porque isso aqui acontece o tempo todo no trabalho.
- NO TRABALHO???
- Fanservice – disse Kaito.
- O que é isso?
- Serviço pra fã. É mais ou menos assim: a gente canta, os fã compram e divulgam, e a gente agradece o apoio deles fazendo o que eles gostam de ver. Geralmente são cenas de yaoi, ou apelação moe. – concluiu Kaito.
- Sou mestra na parte do apelo moe – comentou Miku, dando um sorriso que com certeza confirmava o que ela havia dito.
- Nah, Kaito esqueceu que às vezes é só apelo sexual, mesmo. Já olhou as minhas roupas? – perguntou Meiko – Ultimamente elas quase que valem mais que as minhas canções.
- Nossa, isso parece horrível. – Gakupo respondeu – Música deveria ser expressão. Sentimentos seguindo a melodia... Não um produto.
Pausa dramática.
- Pelo menos é assim que eu penso – terminou ele, tomando uma garrafa de vodka da mão de Meiko e bebendo um gole grande – Então continuamos, depois dessa lição de fanservice?
Akaito girou a garrafa.
Gakupo – Rin.
O samurai congelou. Não sabia o que pegaria na caixa, e a garota loira na sua frente era “apenas” 293 anos mais nova que ele. Não queria ser preso por pedofilia. O papel dizia “COLO”, e antes mesmo que pudesse refletir sobre o significado, Rin praticamente pulou em seu colo e disse:
- Temos que ficar assim até o fim do jogo, agora.
Gakupo riu de nervoso. Estava vermelho, muito vermelho. Bebeu mais. Todo mundo estava ficando gradualmente bêbado à medida que o jogo prosseguia. Em certo ponto da festinha, Haku estava desmaiada, Kaito se afundava em um pote de sorvete, Meiko e os gêmeos cantavam desajeitadamente no karaokê, Defoko, Akaito e Prima jogavam cartas e Gakupo havia adormecido no sofá. O restante dos Vocaloids não lembrariam de nada ao amanhecer.

---------------------------------

Comentário pessoal: Decepção eterna ao ver que Miku é de Virgem.
Ela não tem nada a ver com o signo.


Última edição por Kimy em Seg Ago 22, 2011 2:58 pm, editado 2 vez(es)
Kimy
Kimy
Megurine Luka
Megurine Luka

Mensagens : 692
Pontos : 16179
Reputação : 4
Data de inscrição : 06/04/2011
Idade : 23
Localização : Na China. -N Chinguilinguilingui

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amores Cruzados Empty Re: Amores Cruzados

Mensagem por Boris em Seg Ago 22, 2011 11:55 am

meu deus kimy você não sabe o quanto eu ri agora.
"você ja "pegou" minha irmã?" aushuahsuahsuahs

e a do colo foi a melhor, mais eu riria ainda mais se fosse o len

KD O RITSU???

_________________
Qualquer duvida me mande MP
Amores Cruzados 4sgppt
Pet:

Amores Cruzados Dragonanimated_678461 Amores Cruzados Dragonanimated_691318Amores Cruzados Dragonanimated_704064[url=http://borisrks.dragonadopters.com/dragon_748565]Amores Cruzados Dragonanimated_748565
Boris
Boris
Mod Kagamine Twins
Mod Kagamine Twins

Mensagens : 452
Pontos : 15814
Reputação : 1
Data de inscrição : 24/04/2011
Idade : 24
Localização : Cold Haze

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amores Cruzados Empty Re: Amores Cruzados

Mensagem por Kimy em Seg Ago 22, 2011 1:49 pm

NÃO ESTÁ NA MINHA HISTÓRIA, BORIS, ACEITE ISSO! D:
Kimy
Kimy
Megurine Luka
Megurine Luka

Mensagens : 692
Pontos : 16179
Reputação : 4
Data de inscrição : 06/04/2011
Idade : 23
Localização : Na China. -N Chinguilinguilingui

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amores Cruzados Empty Re: Amores Cruzados

Mensagem por Boris em Seg Ago 22, 2011 2:34 pm

ÒwÓ
EU QUERO O RITSU A-G-O-R-A *bombardeado por bomba atomica seguida de serra-eletrica)

_________________
Qualquer duvida me mande MP
Amores Cruzados 4sgppt
Pet:

Amores Cruzados Dragonanimated_678461 Amores Cruzados Dragonanimated_691318Amores Cruzados Dragonanimated_704064[url=http://borisrks.dragonadopters.com/dragon_748565]Amores Cruzados Dragonanimated_748565
Boris
Boris
Mod Kagamine Twins
Mod Kagamine Twins

Mensagens : 452
Pontos : 15814
Reputação : 1
Data de inscrição : 24/04/2011
Idade : 24
Localização : Cold Haze

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amores Cruzados Empty Re: Amores Cruzados

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum